30 julho, 2009

.sen.ti.men.tos.


"Olhares e uma conversa que parece não ter fim.
Foi assim. De repente. Quando menos esperavam.
Percebem que as mãos ficam suadas quando estão perto um do outro, e o coração bate descompassadamente.

Almas aquecidas.

Sabem o que está por vir, e esperam. Não há pressa. Não precisam de palavras.
Os olhos dele fazem as perguntas, o sorriso dela se encarrega das respostas."

.Luana Pavonelle.

Imagem Daqui.

Um comentário:

Maria Fernanda disse...

Nada como comunicar-se em silêncio.