02 agosto, 2009

.con.ver.sa.

- Preciso te dizer uma coisa séria (ele coloca a taça de vinho em cima da pia).

Ela o olha com seu olhar mais doce e seu sorriso que sempre brota o canto do rosto, quando sente que algo bom está para acontecer.

-Diz.

-Preciso te dizer que não esperava que tudo isso estivesse acontecendo, essa felicidade toda, essa certeza de que é você!

Ela agora tem lágrimas nos olhos, e por uma fração de segundos, toda a história deles passa pela sua cabeça: um pedido educado dele para se sentar do seu lado na condução para o trabalho, a conversa informal sobre as notícias do dia, a descoberta de trabalharem na mesma rua, e gostarem de almoçar no mesmo restaurante... O pedido, ah o pedido! Ele a convidou para almoçar e ela com medo em aceitar, mas indo mesmo assim... As conversas, as risadas que ele a fazia dar e que a muito achou que estavam perdidas... A leveza e a capacidade dela (segundo palavras dele) em transformar um dia chuvoso frio no mais gostoso dos dias.

Lágrimas escorrem dos seus olhos, ele as enxuga... E então ela responde:

- Você me mostrou coisas que achei jamais ver... Me deu motivo para sorrir quando achei que não mais saberia. E quando estamos juntos, me sinto feliz, uma felicidade que escapa pelo meu corpo e invade tudo a minha volta. De agora em diante seremos nós.

As taças passariam o resto da noite em cima da pia. Daquele momento em diante seriam apenas eles.

.Luana Pavonele.

Imagem Daqui.

2 comentários:

Solange Maia disse...

Luana,

Que delícia de blog !!!
Sabe que até vontade de um par de sapatos vermelhos eu tive ?
Textos de reencontro, de amor, de um novo momento, de entrega... ah... como me fez bem vir por aqui !!!!

Virei fã, e seguidora !!!!

Parabéns !!!!

Beijo na alma,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

disse...

Rendam-se.
Sintam-se.
Semeiem nesse jardim...

(suspiro)

Beijo gde, encatadora menina dos sapatos vermelhos...

p.s: quero cenas do próximo capítulo!