10 fevereiro, 2010

.re.to.ma.da.


E então ela decidiu retomar sua vida de antes. Já era hora de não mais deixar que aquela dor tão profunda tomasse conta de seus passos. Era hora de abrir as janelas e deixar o sol entrar novamente.

Ainda sentia-se profundamente dolorida por dentro, mas aos poucos o sorriso foi voltando ao seu rosto. Não foi fácil, não está sendo. Mas ela sabe que assim não vai chegar a lugar algum. O vazio deixado não pode ser preenchido com tristezas e sim com aquela lembrança gostosa que a faz sorrir mesmo que seus olhos estejam marejados.

E ele a compreende, e isso a conforta. Sente seu abraço e seu carinho e é nesse instante que ela, de olhos fechados, agradece por poder contar com aquele coração que já faz parte da sua alma. Ela quer dizer a ele "muito obrigada", mas entende que não necessita de tais palavras. Ele apenas olha pra ela e sorri o seu sorriso mais bonito sussurrando bem baixinho "eu estarei sempre aqui." E ela tem a certeza de que estarão juntos para sempre, na alegria, e também nas tristezas.

Peço desculpas a todos pela longa ausência... Obrigada pelas palavras de carinho.

.Luana.

Imagem
Daqui.

11 comentários:

Jou Jou Balangandã disse...

Lu, bem vinda de volta!
E a vida segue em frente ... é um bonde do qual nao podemos descer.

Bjous

Myÿ h disse...

Concerteza o vazio deixando não pode, e nem deveria ser completado com tristeza, mas isso não é algo assim fácil de aprender ou aceitar!

Hosana Lemos disse...

'juntos para sempre'

...para mim, 'sempre' é tanto tempo!
espero que a promessa que fizeram se mantenha em pé por toda essa data.


=*

Luciana disse...

Que bom que voltou!

É bom demais ter alguém 'sempre aqui', né? Ter alguém com quem contar em qualquer momento da vida... As coisas melhoram, Lu.

Beijo, viu?
=)

Narradora disse...

Saudade do nunca-mais-aqui aperta o peito de um jeito muito doído, mas a certeza da presença e do carinho confortam a alma da gente.

Bjs

Flavih Jones disse...

Vc estava sumidona mesmooo.

Adorei o post. Engraçado é que eu tbm tinha falado "dela".

=D

Vinícius Remer disse...

A dor que parte é sempre a partida a mais dolorida :D

Patty Vicensotti disse...

Oie Lu!

Passando no seu cantinho pra deixar um beijo :)

Adoro estar aqui!
Saudade!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Assim que assisti esse vídeo, tive vontade de compartilhar com quem gosto aqui nessa blogosfera. Uma menina talentosa desse jeito, só pode ser muito iluminada.

Confira o espetáculo:

http://www.youtube.com/watch?v=518XP8prwZo&feature=player_embedded

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Dani disse...

e cadê a moça dos sapatinhos?

sabia que sempre que vejo fotos com sapatos vermelhos lembro de você? ;)

beijo

mari disse...

que texto lindo.leve como a brisa